O que é a Teoria da Evolução e como ela funciona: Explicado com mapa conceitual

Última atualização em 23-06-2021 por

A evolução é qualquer mudança em traços hereditários, como características físicas ou comportamentos, com o passar das gerações. É um processo em que novas espécies surgem de espécies já existentes. Todos os organismos vivos mudam, gradualmente ou rapidamente, desde que apareceram pela primeira vez na Terra. Na verdade, existem várias teorias e padrões da evolução, e fornecemos uma representação visual com um mapa conceitual da evolução para entender melhor o processo.

O que é a evolução e como é o processo?

Quais os conceitos básicos de evolução?

gitmind conceitos de evoluçãoEdite este mapa conceitual

A seleção natural é o mecanismo central para o processo de evolução. Aqui, daremos uma olhada de perto nos conceitos básicos da evolução por seleção natural. Ao mesmo tempo, criamos um mapa conceitual da evolução, para visualizar melhor o processo.

Traços hereditários e variação

As diferenças nos organismos vivos são genes herdados. A herança funciona através da replicação de sequências de DNA, mas alterações podem ocorrer durante o processo. Essas mudanças existem nos traços físicos, comportamentais e fisiológicos de uma espécie e influenciam a variação. Usando uma visualização do mapa conceitual de seleção natural, você entenderá melhor esse conceito.

Adaptação

A adaptação ao ambiente causa variação em espécies e diversidade em uma população. Os indivíduos evoluem para se adequar melhor ao ambiente. E conforme se adaptam ao ambiente, mais descendentes com características semelhantes surgirão.

3 Teorias da evolução

teoria da evolução da menteEdite este mapa conceitual

Estas são as teorias da evolução descritas por diferentes áreas da ciência da evolução. Você pode se referir à ilustração acima, o mapa conceitual da teoria da Evolução de Darwin, que explica as coisas mais claramente.

A teoria da evolução de Lamarck

De acordo com Jean-Baptiste de Lamarck, os organismos evoluem em resposta ao ambiente. Seu ponto de vista sobre a evolução se concentra principalmente na teoria da herança adquirida. As teorias de Lamarck, que explicam suas visões sobre a evolução, incluem: A teoria de que os seres vivos precisam mudar como resposta ao ambiente: teoria de uso e desuso – pode desenvolver uma característica que é útil e perder o traço inútil. Para ter uma visão geral clara, o mapa acima é uma referência visual do processo de evolução.

Teoria da seleção natural de Darwin

A teoria da seleção natural de Darwin é uma teoria amplamente aceita da evolução. Ele acreditava que os organismos mudam como resultado da seleção natural. Ele também descobriu que os organismos com características favoráveis ​​ou com as variantes adaptadas são mais propensos a sobreviver e se multiplicar. Os traços úteis de um organismo atendem às mudanças apresentadas em seus ambientes. Veja o mapa conceitual da seleção natural acima.

Teoria da Evolução por Mutação

De acordo com Hugo de Vries, a evolução não é um processo contínuo. Ela ocorre por grandes diferenças súbitas e herdáveis, que ele chamou de processo de mutação. Essa teoria também explica que novas espécies começam a surgir através de um salto de uma espécie para outra pré-existente, em uma única geração, diferente de Lamark e Darwin, que defendem um processo gradual de evolução. Se você quiser incorporar a ilustração em um documento PDF, pode baixar e salvar o arquivo PDF do Conceito de Evolução, com o GitMind.

6 Padrões de evolução

criar padrões de evoluçãoEdite este mapa conceitual

Os organismos evoluem dependendo do padrão do ambiente em que vivem. A seguir estão os padrões que contribuem para a evolução.

Evolução divergente – é o processo pelo qual espécies intimamente relacionadas acumulam diferenças e evoluem para formar novas espécies. Organismos evoluem em resposta às demandas nas circunstâncias ambientais. Acima, um simples mapa conceitual da evolução representando os padrões.

Evolução convergente – descreve o processo de evolução pelo qual diferentes espécies de diferentes ancestrais adquirem traços semelhantes devido a um ambiente semelhante.

Evolução paralela – o processo de evolução que surge quando organismos de um determinado ambiente respondem a desafios semelhantes de maneira semelhante. Uma representação visual pode ser estudada através do mapa conceitual da evolução.

Coevolução – refere-se ao processo evolutivo em que duas ou mais espécies desenvolvem características ou adaptações semelhantes.

Macroevolução – Um padrão de evolução que existe em mudanças de larga escala, acima do nível de uma espécie. As diversificações e mudanças que acontecem na história da vida de um organismos são evidências de macroevolução.

Extinção – refere-se à formação de novos organismos por meio de extinção. Os tipos de extinção incluem extinção de gerações e em massa, onde novas espécies surgem. Você pode criar sua própria apresentação visual dos padrões de evolução editando o mapa conceitual da evolução.

Conclusão

A evolução é muitas vezes mal entendida, por causa da complexidade dos conceitos. Neste artigo, fornecemos uma explicação simplificada, que ajudará você a entender facilmente o que é a evolução. Também trazemos os mapas conceituais da evolução, para apresentar visualmente a evolução e ajudar as informações a fluírem naturalmente.

Avaliação: 4.3 / 5 (Baseado em 10 avaliações) Obrigado pela avaliação!
avatar
Publicado por: em para Dicas e recursos, Estudo e Educação. Última atualização em 23-06-2021

Deixe seu Comentário

Por favor preencha seu nome!
Por favor insira seu comentário!

Comente (0)